sábado, 10 de setembro de 2011

- as palavras que nunca te direi!

As vezes apetece-me mandar-te uma daquelas mensagens “já te disse que te amava hoje ?” mas que saudades de quando dizíamos todos os dias,  de quando dizíamos toda aquela ladainha que ainda sei de cor. Embora diga para mim que acabou, que nunca mais voltaremos a ter a nossa amizade, eu no fundo só queria que tivesses feito diferente e que tivesses tentado emendar, continuado a lutar.
Há uma frase que diz “Não confie em palavras elas podem ser vazias, confie em atitudes, isso sim importa” e eu concordo tanto com ela. As pessoas podem dizer o que disserem e nem ser verdade, mas as acções, as atitudes, isso sim, mostra o que cada um é. E em relação a ti, a nós, ao que aconteceu, chego à conclusão que se calhar não poderia fazer mais sentido, porque todas as coisas que me dizias não tinham nada a ver com as tuas ultimas atitudes para comigo. Afinal, eram apenas frases feitas? É agora que demonstras a realidade? Não sei, não sei mesmo. Não sei se estavas mesmo lá para mim ou se apenas dizias estar, não sei se me amavas de verdade ou se apenas dizias amar, não sei se ficavas realmente feliz ou se apenas dizias ficar bem. Não sei se tudo o que me dizias era verdade, ou uma forma de ficar bem e à vontade. Para mim, não eram palavras que dizia a qualquer pessoa, iam muito além de meras frases bonitas.
Podes agora não te lembrar, não saber ou nem agradecer, por todas as vezes que te amei e tu ignoraste, por todas as vezes que chorei, desejei e implorei a tua presença, tu resistias a acabavas por não estar, por todas as vezes que caíste e eu te ajudei a levantar, por todas as vezes que perdeste todas as forças e eu tas fiz recuperar. Mas eu não, eu lembro-me, eu sei, eu agradeço-te, a ti devo-te o meu mais sincero e verdadeiro obrigada, pelos momentos que ficas-te do meu lado, pelas vezes que eu precisei de um ombro amigo para chorar quises-te estar, por me teres feito sorrir, pelas vezes que precisei de desabafar e me deixas-te falar, pelas vezes que me disseste as palavras certas e no momento mais preciso. Obrigada, obrigada não por seres quem és, mas por quem foste na minha vida.
A dor que suporto dia após dia, torna-se cada vez mais pesada e não quero ter de a suportar mais. Mas eu sei que essa dor, essa mágoa, vão permanecer aqui dentro, por causa do que fizes-te, por nem se quer teres justificado, desculpado e ainda te teres afastado, não teres lutado como eu pensava e queria que tivesses feito. E muito pior do que isso, é saber que nem falas comigo ou de mim, que nem te preocupas comigo, que nem perguntas ou precisas saber de como estou, que nem perguntas por mim. Essa mesma dor, aperta ainda mais aqui dentro por saber tudo isso, por saber que nem lutas-te por mim, por ti, por nós, pela nossa amizade, por tudo o que passamos e se isso acontece é porque nunca fui aquilo que dizias ser, é porque eu já nem existo para ti!
Sabes uma coisa? Quando as saudades, palavras e momentos te ocuparem o pensamento e te apertarem o coração, não me venhas procurar, não me venhas falar, eu já não vou estar, o teu tempo está a terminar...



Estas palavras são as que nunca te direi, porque não fui eu que errei e pelo que fizes-te, duvido se algum dia te perdoarei e falarei!

48 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Sim e eu acho que tens toda a razao querida !

    De nada , beijinho (:

    ResponderEliminar
  3. podes crer, mas se soubesses, o quão boa estou a ser, e fui para ela, por perdoar-lhe tal coisa.. :s

    ResponderEliminar
  4. pff, desculpa lá por isso, isso não é bem ser amiga :s
    Meu "namorado" ( ex ) gostava dela, da que também considerava melhor amiga, e andava a dizer que tinha um fraco por outra, para não dizer que era ela. Uma vez, fui ao cinema com eles. E ele beijou-a, à minha beira. Eu tinha visto alguma coisa, mas não queria acreditar tal coisa :s , no seguinte dia, ela tinha vindo dormir à minha casa, e saímos à noite, e ela dizia que era melhor esquecer o meu ex nessa noite, só para nos divertir-mos, tipo, a afastar-se do assunto ( eu nesse momento não sabia que tinha acontecido aquilo, e ela dizia para não falar dele, porque eu desabafava com ela, sobre que estava a sofrer, porque ele supostamente tinha um fraco pela "outra" ) , quando chegamos a casa, e tal. A hora que fomos dormir, eu decidi falar-lhe, desabafar, porque não conseguia mais. E desabafei tudo, eu perguntei-lhe "Que achas ? Achas que o namoro vai acabar?" ela, normalmente disse-me " Vai acabar, mais tarde o mais cedo, tudo acaba" como se soubesse mesmo o que ia acontecer. Eu fiquei um bocado ":s?" mas não pensei mais nisso. No dia seguinte, eu pedi-lhe para falar com ele. Ela não falou, porque já sabia de tudo. E ligou-me, e contou-me tudo, que não gostava da outra, gostava dela. E não sei quê. Contou-me 2 dias depois, e eu feita parva, falando-lhe imenso sobre ele. Eu gritei-lhe, desliguei-lhe o telemóvel, chamei-lhe de falsa. Nunca mais. E quando tudo se acalmou ( 2 ou 3 semanas depois ) ela voltou a falar, a dizer isso, de que não me queria perder, e que iria lutar. Eu sou parva, e quem "lutou" fui eu, e não ela. E ela ainda hoje, não me dá valor. E 1 semana depois de começar-mos a falar. Ela tinha-me dito que esteve com ele, depois do acontecido. E só me contou 1 semana depois!
    Não desculpes o teu desabafo, desabafar é bom :)
    Eu sei perfeitamente que não é só comigo,ou se calhar pode ser pior do que me aconteceu a mim.. :s

    ResponderEliminar
  5. eu adoro tudo o que ele faz e tudo o que tem o nome dele (:

    ResponderEliminar
  6. mesmo , mas eu perdoei-a, oh. tipo, ela disse-me que não me contou, porque ele disse-lhe para ainda não contar porque ainda sentia qualquer coisa por mim. Se sentisse não me fazia isso, não lhe pegava do queixo, e a beijava -.-
    Obrigada, és uma querida :)

    ResponderEliminar
  7. mas custa, não consigo parar de mandar-lhe indirectas de vez em quando sobre o que aconteceu..
    owwww <3

    ResponderEliminar
  8. pois, tens muita razão :)
    sabes que é que me lembro dele? uma vez, nas festas da meadela, vieram-me dizer que ele dizia que acabou comigo. Eu fui a correr a ele, levei-o rápido para um sitio sem musica alta, e bem para poder-mos falar. Eu perguntei-lhe, porque isso, porque é que disse isso. Ele disse "eu disse que queria acabar ou dar um tempo, tu é que dizes-te que não" tipo, a dizer que para ele acabou, mas que para mim continua, mas que ele estava confuso. No fim ele ia-me beijar, eu apartei-o sem querer, porque estava muito nervosa com isso tudo, e precisava de dizer-lhe o ultimo que tinha para falar sobre isso. Ele fez uma cara, uma cara que eu nunca vou esquece-la. Eu pus-lhe as mãos na cara, e pedi-lhe 10 vezes desculpa por isso, estava desesperada mesmo. E ele fez-me isto.

    ResponderEliminar
  9. Lá isso é verdade mas ás vezes também não podemos dar o devido valor ás pessoas mas isso não quer dizer que não gostamos dela apenas demonstramos de maneira diferente! Mas como dizes e tens razão são somos todos iguais e reagimos de maneira diferente! (:

    ResponderEliminar
  10. Já vi o filme deste livro, e é lindo sem duvida!

    ResponderEliminar
  11. sem dúvida alguma existem coisas piores infelizmente patricia!

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  13. ainda bem que gostas (: É mesmo sabe tão bem, depois de tanto tempo finalmente as coisas estão-se a por no lugar delas (:

    ResponderEliminar
  14. acredita!
    sejá, "um amor para recordar" , #o sorriso das estrelas" , "as palavras que nunca te direi" .. ou outro qualquer*

    se quiseres segue-me *-*

    ResponderEliminar
  15. as pessoas ainda não aprenderam a dar valor aquilo que tem, e enquanto as pessoas não o fizerem, vai ser sempre assim.

    ResponderEliminar
  16. oh, obrigada. eu sei, mas custa ouvir quando essa pessoa é os nossos pais :c

    ResponderEliminar
  17. Acho que isso não vai acontecer, querida :s

    ResponderEliminar
  18. é isso mesmo !
    estão bem. o outro dia afastei-me da tal amiga que me traiu, cheguei ao limite. quando se arrependa, ou abra os olhos que me venha falar.

    ResponderEliminar
  19. sigo tb :)
    nicholas sparks, é indescritível o que ele nós transmite*

    ResponderEliminar
  20. acho que toda a mulher gosta bastante dele :)

    ResponderEliminar
  21. Sim, e sei mais que isso do que ninguém o pior que fazemos é nos iludir e chegar ao fim e as coisas saírem totalmente diferentes!
    obrigada, espero bem que corra (: ela também nada outro patricia (:

    ResponderEliminar
  22. eu sei que vai passar, mas até esse dia chegar, vai custar :c

    ResponderEliminar
  23. é complicado não pensar doutra forma :c

    ResponderEliminar
  24. este livro é lindo : )
    /http://escuta-o-meu-silencio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  25. Olá querida (:
    Mudei de blog, o novo é:
    http://morethanwords73.blogspot.com/
    Caso queiras continuar a seguir-me deixa só um comentário no blog novo para eu saber e seguir-te também (:
    Obrigada
    Beijinho

    ResponderEliminar

- deixa-me um bocadinho ♥